Frete Grátis?

Por José Roberto

05 JAN 2016, 11:36

Notícia: Frete Grátis?

Que a economia do país anda fraca, não é novidade. Mas, você sabia que a maioria dos varejistas - e vale aqui ressaltar que quando me refiro a varejistas, incluo neste caso até mesmo os grandes grupos, como a B2W que é dona das lojas: Submarino, Americanas e Shoptine - tem repensado a questão do frete grátis? Pois é, acredite! Aliás, tem lojas, por exemplo, as do grupo Cnova (responsável pelas lojas Casas Bahia, Extra e Ponto Frio), que até já implementaram algumas políticas mais restritivas a cerca do frete grátis.

Mas, afinal, o que tem levado aos grandes varejistas tomarem tal atitude sendo que o comércio eletrônico, apesar da crise no país, teve um aumento no faturamento de uns 15% neste ano? Isso se deve principalmente ao fato de elas operam praticamente no vermelho, sem lucro algum. Loucura, não? Mas pode acreditar, pois, é a mais pura verdade! Para se ter uma ideia: a B2W não tem lucro algum desde 2010, já a Cnova, apesar de ser uma multinacional e operar em oito países, está há anos no vermelho, apenas seguindo em frente porque crê piamente que o futuro do e-commerce será gigantesco e quem sobreviver irá lucrar e muito! Manter o Frete Grátis nunca foi sustentável, afinal, este custo representa de 5% a 10% do faturamento, mas, ainda assim, os varejistas continuaram com esta prática por medo de perderem o marketshare tão arduamente foi conquistado. Foi então que o mau desempenho do PIB brasileiro quebrou a inércia e o total de frete grátis caiu de 62% para 39%.

LOJA VIRTUAL: PROMOÇÃO FRETE GRÁTIS

Mas como tem funcionado isso, se quando entro nas lojas virtuais ainda encontro a opção de frete grátis?
Basicamente, a saída encontrada pelas empresas para não excluir totalmente esta opção, foi oferecer diferentes tipos de entrega e, assim, cobrar pela maioria, mas, sem deixar de oferecer a oportunidade do frete gratuito. Há empresas que optaram pelo modelo em que o valor pago depende da quantidade de dias de entrega, ou seja, quanto mais rápido a entrega, mais caro. Exemplo: O consumidor quiser receber o pedido no mesmo dia ou no dia seguinte paga um valor mais alto. Se a entrega for expressa, ou seja, em três ou quatro dias, o valor é menor. Caso não tenha pressa nenhuma, pode continuar recebendo a compra com frete gratuito.
Outras empresas, no entanto, optaram por seguir um modelo alternativo, que é bem comum na Europa. Neste modelo, a empresa não cobra a entrega se o cliente retirar a compra em uma das lojas físicas e só oferece frete grátis em ações promocionais.

E você? O que achou disso tudo?
Acredita que esta moda vai pegar ou que logo eles terão de voltar a opção do frete gratuito como era antes?
Deixe sua opinião!



A Alfa Networks é uma empresa de TI localizada em Limeira e focada em dar suporte na implementação de novas tecnologias voltadas para melhorar o desempenho empresarial de seus clientes baseada em um modelo flexível de atuação visando tornar a tecnologia em uma importante ferramenta de gestão de negócios, quer seja em processos de planejamento, controle ou em uma atuação em nível mais estratégico através de sistemas de informação gerenciais. Com dezoito anos de experiência, a Alfa Networks é especializada no desenvolvimento de Sistemas, Website, Loja Virtual, Marketing Online, SMS MKT, E-mail MKT, SEO e no fornecimento de Hospedagens, Help Desk e Consultoria.

Newsletter

Receba as novidades por e-mail.

Responsive image

José Roberto

Telefone: (19)2114-0650

E-mail: joseroberto@alfanetworks.com.br

Rua Capitão Manoel Ferraz Camargo, 535

Jardim Piratininga - Cep: 13484-333 - Limeira / SP

Chat - Deixe uma mensagem